• Portal Nosso Povo

Prefeitura promove esterilização de animais



A Prefeitura Municipal de Imbituba, através da Secretaria Municipal de Saúde - Vigilância em Saúde, como medida de prevenção à população em geral e cuidado com o bem-estar animal, deu início, no mês de janeiro, às castrações públicas de animais abandonados. A meta é promover a esterilização de 400 animais que se encontram em situação de abandono até o final do ano.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, acredita que o projeto em um primeiro momento, com a esterilização de cães e gatos em situação de abandono, tornará menos grave a superpopulação desses animais de rua, que vivem sem qualquer cuidado ou destino.

“Com o controle populacional de animais abandonados, além de ser um ato de carinho e cuidado com os animais errantes, também é uma questão de saúde pública. Através da esterilização de animais abandonados poderemos promover um melhor controle das zoonoses e garantir uma existência digna para estes animais”, declara o prefeito que acompanha de perto os trabalhos que veem sendo realizados pelos médicos veterinários.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Camila Pires Fermino, vencida essa primeira etapa, em seguida, as castrações serão estendidas aos animais de pessoas de baixa renda.


Centro de Controle de Zoonoses

A Prefeitura Municipal de Imbituba, através da Secretaria Municipal de Saúde - Vigilância em Saúde, como medida de prevenção à população em geral e cuidado com o bem-estar animal, deu início, no mês de janeiro, às castrações públicas de animais abandonados. A meta é promover a esterilização de 400 animais que se encontram em situação de abandono até o final do ano.

O prefeito de Imbituba, Rosenvaldo da Silva Júnior, acredita que o projeto em um primeiro momento, com a esterilização de cães e gatos em situação de abandono, tornará menos grave a superpopulação desses animais de rua, que vivem sem qualquer cuidado ou destino.

“Com o controle populacional de animais abandonados, além de ser um ato de carinho e cuidado com os animais errantes, também é uma questão de saúde pública. Através da esterilização de animais abandonados poderemos promover um melhor controle das zoonoses e garantir uma existência digna para estes animais”, declara o prefeito que acompanha de perto os trabalhos que veem sendo realizados pelos médicos veterinários.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Camila Pires Fermino, vencida essa primeira etapa, em seguida, as castrações serão estendidas aos animais de pessoas de baixa renda.

2 visualizações

Rua Nereu Ramos, 35 - Centro

CEP 88.780-000 - Imbituba/SC

48 3255.1098 | 99935.8626

© Copyright 2015 RWC Rede Web de Comunicação - Todos os direitos reservados