• Portal Nosso Povo

Policial Militar de Florianópolis levou mais de 100 picadas de abelha.

O soldado Cristiano Manoel dos Santos, da Polícia Militar (PM), sofreu mais de 100 picadas ao carregar a vítima nas cotas para salvá-lo do ataque de um enxame de abelhas na manhã desta quarta-feira (04) na SC-403 em Ingleses. Ele tem 30 anos. O policial que contou detalhes do caso. No momento em que se aproximou do homem, o corpo dele estava coberto pelas abelhas e, tanto o soldado como o colega, tentaram espantar os insetos com um extintor de incêndio que solta uma fumaça, ação similar a de apicultores quando vão extrair mel de colmeias. O rosto dele ficou completamente inchado e o soldado precisou ser encaminhado à Upa Norte.


“Nós estávamos na base dos Ingleses e o sargento ronda pediu apoio de uma ambulância para um homem que estava sendo atacado. Ele estava no mato lateral, cheio de abelhas. Daí eu e meu companheiro de plantão nos deslocamos. Queríamos um extintor e pegamos no posto. Chegando lá, conversamos com o sargento. Como o Bombeiro demorou um pouco, abotoei bem minha roupa e fui”, contou.

Santos nem havia chegado perto da vítima quando as abelhas começaram a atacá-lo, especialmente na parte da cabeça. Mesmo usando uma touca balaclava, não houve como evitar as ferroadas dos insetos a 20 metros de onde estava a vítima. Mesmo assim, ele continuou e se aproximou do homem para tentar removê-lo do local onde estava o foco do enxame.

“Decidi ir até o local. Ele já estava desacordado e mal reagia. Chegou a balançar o braço. Coloquei ele nas minhas costas e carreguei ele 20 metros até perto da rua. Quando cheguei perto da calçada, não tive mais condições. Tive que sair, já que as abelhas me picaram em todo o rosto e até no olho. Depois que eu saí do local, o Bombeiro chegou e atirou água”, comentou.

A vítima do ataque foi levada ao Hospital Celso Ramos em estado grave. Um ataque similar ao sofrido pelo homem ou pelo soldado Cristiano pode ser fatal. O ideal é sempre chamar a ajuda do Corpo de Bombeiros que tem a técnica correta de remoção deste tipo de inseto.

“Eu graças a Deus estou bem! Estou em casa em repouso absoluto para mais tarde voltar ao trabalho”, confirmou.


Foto: Jornal Conexão Comunidade

47 visualizações

Rua Nereu Ramos, 35 - Centro

CEP 88.780-000 - Imbituba/SC

48 3255.1098 | 99935.8626

© Copyright 2015 RWC Rede Web de Comunicação - Todos os direitos reservados