• Portal Nosso Povo

Novas demolições estão descartadas




Um encontro, na sede da Prefeitura de Imbituba, reuniu, na tarde desta terça-feira (01), representantes do Poder Executivo Municipal, vereadores, advogados e moradores do bairro de Vila Alvorada (Aguada). Em pauta, a ação de fiscalização que culminou com a demolição de casas na última sexta-feira (27).

Segundo o prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior, a ação no bairro, deliberada pelo Poder Executivo Municipal, deveria ser fiscalizatória, para coibir o parcelamento irregular do solo.

“A nossa intenção era coibir as construções irregulares e novas invasões, inclusive, para garantir a segurança da própria comunidade. Antes da ação, nós frisamos as nossas equipes que, em locais habitados, fossem feitas notificações. É importante que fique claro que não partiu da gente a ordem de demolir casas com pessoas morando”, disse o prefeito Rosenvaldo da Silva Júnior.

Sobre a possibilidade de excesso no trabalho, o prefeito afirmou, ainda, que existe um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) em andamento. Procedimento esse, que irá investigar possíveis irregularidades no executado na última semana.

Cinco moradores estiveram presentes na reunião, acompanhados de duas advogadas. Ao longo do debate, todos se manifestaram, inclusive, o Procurador Geral do Município, Gustavo Borba Benetti, e os vereadores, Eduardo Faustina, Roberto Rodrigues e Walfredo Amorim.

Ao fim da reunião, o prefeito Rosenvaldo tranquilizou o grupo, afirmando que não haverá novas demolições no bairro e, que a intenção do município é realizar, através do REURB, a regularização daquela área. Sobre os moradores que tiveram casas demolidas, a Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Habitação (SEASTH) fará o auxílio devido.

Cláudia Regina, umas das moradoras que esteve presente no encontro, disse que saiu da reunião mais tranquila. “Fico aliviada com a garantia de que o poder público vai nos apoiar na regularização. Se Deus quiser, agora vai dar tudo certo”, disse a manicure.

Janiffer Cristina, outra moradora do bairro, afirmou que se sentiu mais segura depois do debate com o Poder Público. “Eu saio mais aliviada, porque faziam do prefeito um bicho de sete cabeças. Na verdade, eu vejo que, pelas palavras ditas na reunião, ele está disponível a nos ajudar. Nesse momento, a gente só tem a agradecer”, reiterou a cuidadora.

Ascom Imbituba

15 visualizações

Rua Nereu Ramos, 35 - Centro

CEP 88.780-000 - Imbituba/SC

48 3255.1098 | 99935.8626

© Copyright 2015 RWC Rede Web de Comunicação - Todos os direitos reservados